“O SENHOR Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme à tua palavra fiz todas estas coisas. Responde-me, SENHOR, responde-me, para que este povo conheça que tu és o SENHOR Deus, e que tu fizeste voltar o seu coração. Então caiu fogo do SENHOR, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego. O que vendo todo o povo, caíram sobre os seus rostos, e disseram: Só o SENHOR é Deus! Só o SENHOR é Deus!” (1 Reis 18:36-39).
Tenho refletido muito a respeito dessa palavra e do que Deus tem me incomodado nas últimas semanas. Tudo comomeçou quando ouvi a música do Fernandinho, Caia Fogo (CD Teus Sonhos). Nessa música, bem no meio temos uma linda ministração com a leitura justamente desse texto de 1° Reis. Após ouvir repetidas vezes essa música, ler e reler esse texto comecei a enterder o que a conteceu naquele dia no Monte Carmelo.
Era um momento em que o mundo tentava sufocar a Igreja, impondo as suas vontades. A Igreja sendo engolida pelo pecado, se afastando cada vez mais de Deus, se esquecendo dos seus mandametos. Comecei a fazer um execício mental, tentando assim fazer um comparativo do que estava ocorrendo naquele tempo com o que tem ocorrido com a Igreja Brasileira nesses dias!
Algo que Deus tem colocado de forma latente em meu coração é o fato de que temos nos esquecido D´Ele.  Precisamos urgentemente trazer Jesus de volta para o centro do Evangelho.
Temos sido uma igreja (com “i” minúsculo mesmo) que se relaciona com o Senhor apenas pelo que Ele pode nos dar e não por aquilo que ELE É! Nossos templos tem sido saqueado por mercadores da fé, induzindo nossos irmãos a buscar apenas as coisas dessa terra.
As bençãos materias são nossas por direito pois nos foram compradas e pagas por um alto preço, através do  sacrifício da cruz. Como diz Deigma, “são um presente de Deus pras nossas vidas”. O nosso relacionamento com o Santíssimo não deve se dar por interesses, negociatas ou qualquer coisa do tipo. Deve ocorrer de forma sincera, buscanco apenas as coisas do céu. Como está escrito, “buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas (Mateus 6.33)”.
Temos nos imundado tanto com as coisas desse mundo que não estamos mais conseguindo influenciar ou mudar o mundo. Ultimamente temos conseguido destaque a apenas por polêmicas ou jogos de poder.
Novamente, precisamos trazer Jesus de volta para o centro do Evangelho!
Vamos nos render ao Pai e voltar ao primeiro amor, para vivermos novamente temos de renovação espiritual e voltar a declarar em nossos templos não quantos carros novos Deus nos deu, o quão boa são nossas casas ou que nossas contas bancárias estão cada dia mais gordas, mais sim que Só o SENHOR é Deus! Só o SENHOR é Deus!
Leo.