tumblr_ngp90cyDuc1s2thsqo1_1280

 Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.
Que proveito tem o trabalhador naquilo em que trabalha?
Tenho visto o trabalho que Deus deu aos filhos dos homens, para com ele os exercitar.
Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs o mundo no coração do homem, sem que este possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até ao fim.
Já tenho entendido que não há coisa melhor para eles do que alegrar-se e fazer bem na sua vida;
E também que todo o homem coma e beba, e goze do bem de todo o seu trabalho; isto é um dom de Deus.
Eu sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe deve acrescentar, e nada se lhe deve tirar; e isto faz Deus para que haja temor diante dele.

Eclesiastes 3:1-14

Bom na verdade acho que o título correto do post é “O que eu espero de 2015?”. Poderia fazer uma enorme lista de desejos e promessas que mais uma vez não serão cumpridos, seja por desleixo, seja por que não deu certo mesmo. Todo mundo faz isso! O que tem de errado nisso? NADA.Chegar ao fim de mais um ano e fazer um balanço sobre tudo o que aconteceu nos últimos 12 meses e tentar planejar o que vamos fazer nos próximos 12 meses é algo normal e até natural. Poucas pessoas deixam de fazer isso de forma racional. A maior parte dos que não fazem, acabam postergando isso de forma irresponsável ou imatura. Esquecem que nossas atitudes hoje geram reflexos amanhã. Nesse caso, provavelmente para além dos 12 meses.

Alguns anos atrás eu sempre fazia uma dessas listas, uma espécie de Projeto de Vida para o próximo ano. Listava tudo o que queria que Deus fizesse por mim em 12 meses. Algumas coisas se realizam sim, mais a maioria não chegavam nem perto de serem realizados. Por fim parei de fazer isso. Parei não porque não acredito que Deus não tenha a capacidade de me atender ou que Ele não queira que eu conquiste novas coisas no ano que virá, mais porque percebi que estava me acomodando, esperando somente que Deus fizesse a sua parte e eu ficava esperando as coisas acontecerem.

Certa vez ouvi uma frase que me marcou bastante: “Deus não fará o impossível por você enquanto você não fizer o que for possível”. E cheguei a conclusão de que é verdade. No fim, colocamos toda a nossa responsabilidade nas costas do Criador e esperamos para ver o que acontece. E sinceramente, não vai acontecer nada. Deus não é obrigado a nos atender ou fazer o que queremos ou desejamos simplesmente para massagear nossos egos. A própria Bíblia diz que “tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” (Eclesiastes 3:1).

Por isso parei de tentar planejar a longo prazo e passei a viver cada dia ao seu tempo, um dia por vez. Não sofro mais por antecipação. “Ai meu Deus e final do ano tá chegando e não fiz nada!”. Esse tipo de frase já não sai mais da minha boca. Decidi que quero alguma coisa, avalio a melhor forma de consegui-la e vou à luta. Não deu certo, ok, avalio se é isso mesmo que eu quero e se tem de ser da forma como pensei e tento de novo. Assim, vou vivendo de forma mais leve, descontraída, e até mesmo, me arrisco a dizer, descompromissada, no sentido de que não tenho a obrigação de atingir nenhuma meta pessoal, apenas as conquisto.

O que espero de 2015 afinal? Não sei… Vou levando pra ver no que vai dar. Acho, bom, espero, que seja um excelente ano, pra mim, pra você, pra todos!

Minhas redes sociais:

Facebook

Twitter

Tumblr

Fique a vontade para comentar!