reveillon

Meu Deus, o ano já está acabando de novo!!!. Sei, essa é uma frase batida e sempre que dezembro chega à ouvimos aos quatro cantos. Todos começamos a fazer balanços das nossas vidas e sempre chegamos a algumas conclusões rasas que geralmente não duram muito. Sei que preciso emagrecer mais continuo comendo feito um porco. Quero um novo emprego mas não me qualifico. Desejo novos bens materiais, tipo um carro ou apartamento mas não me organizo financeiramente e continuo gastando descontroladamente.

Poucas vezes conseguimos realizar nossas promessas de começo de ano, eu sou um desses também. E o que nos faz prometer e não cumprir? Geralmente o comodismo ou porque gostamos muito de protelar. Protelar é deixar as coisas para depois. Algumas coisas, por ordem de importância podem ser deixadas para depois, mas nas nossas promessas de início de ano, protelá-las pode ser altamente prejudicial a nossa qualidade de vida e além disso, a nossa sanidade fica seriamente comprometida.

Digo isso porque geralmente a nossa incompetência em cumprir nossas promessas podem gerar frustações que inevitavelmente tem potencial de se transformar em depressão, comprometendo assim a nossa sanidade.

Por isso, somente se prometa o que sabe que vai cumprir. E se não conseguir, paciência. Não se puna. Isso pode salvar a sua sanidade.

É o que penso pra hoje.

Léo!

Minhas redes sociais:

Facebook

Twitter

Tumblr

Fique a vontade para comentar.